9 de junho de 2009

Piracanga

Olá amigos.

Faz muito tempo que não escrevo.
Simplesmente fomos tomados por acontecimentos tão fortes (positivos), de mudança de vida, que eu não conseguia me expressar.

Em resumo, continuamos nossa viagem pela Bahia, passando por Itacaré e depois Península de Maraú (Barra Grande).
Em Barra Grande ficamos com nosso amigo Marcelo e seu filho lindo Rudah. Foi uma experiência incrível. O lugar é fantástico. Perto de lá fomos visitar uma Ecovila chamada PIRACANGA e decidimos que queríamos morar naquele lugar.
www.piracanga.com

Nos meses seguintes estávamos no Rio nos estruturando e aguardando o nascimento da linda Julia, minha sobrinha e afilhada.

Finalmente tive tempo agora de parar pra contar as novidades da vida.
Bom, já estamos morando em Piracanga! Mais especificamente fica no litoral sul da Bahia, 7 km acima de Itacaré.
Escolhemos, eu e o João, morar aqui pela simplicidade da vida e pelos valores do lugar.
Piracanga é um "Eco Village" - como um condomínio ecológico.
As casas são construídas com materiais renováveis (não 100%.... Mas chegando lá!).
Os banheiros são com fossa séptica (ou seja, cada um cuida do seu próprio cocô:-) (adoro falar dessa parte!!!!!) que vira adubo.
Os materiais usados para limpeza, a comida, tudo, é sem químicos.

Tem sido uma experiência muito forte e as vezes difícil pra mim.
Ao mesmo tempo uma sensação de paz interior IMENSA e de felicidade que não tenho como descrever.
As vezes choro de insegurança. Mas sempre com felicidade.

Todos os dias tenho uma surpresa nova que me faz pensar no quanto ainda sei muito pouco sobre muita coisa. Isso me dá uma sensação também de inseguranca... Mas sempre com felicidade mesmo assim.

As coisas que são difíceis: muitos insetos - mas toda vez que penso que não vejo aqueles insetos no Rio porque matamos tudo, fico feliz deles estarem por lá.
Me incomoda sim, tenho medo que eles me mordam, me façam cosquinha. Mas a verdade é que eles nem chegam perto da gente... Cada um no seu quadrado.

Os moquitos também tem sido uma preocupação. Digo Pré ocupação. Ainda não entendo direito. Os mosquitos aqui são mais éticos:-) Eles realmente só mordem das 16 às 18 horas. Depois disso eles até ficam por lá, mas descansando. Não tá na hora da comida deles:-)
Existem protetores naturais contra mosquito, mas ainda estou conseguindo não usar nada e me proteger com panos enrolados quando chega a hora do jantar deles, para que não me mordam.
Vamos ver no que vai dar.

Outro ponto difícil é a humidade.
Muitas árvores, muita humidade.
As roupas estragam rápido. Tudo estraga rápido.
Se vc não trabalha o desapego, ele te pega de frente.
Lá, as COISAS não servem pra nada.
Todos meus dvds de séries e filmes. Meus 400 cds. Minhas roupas da Farm e da Totem. Nada disso serve pra nada lá.
Estão entendendo o tamanho dos meus conflitos?

Mas o que serve e muito lá?
A verdade das coisas. A verdade da nossa essência. As melhores partes de todos nós. De cada um de nós.
O tempo todo, toda hora, 100% das vezes, vc vê coisas lindas e maravilhosas acontecendo. Pessoas tentando se entender. Pessoas respeitando o proximo, a si proprio e a natureza. Pessoas em ascensão buscando ajuda à humanidade.

E eu estou lá. No meio daquilo tudo. Como um presente de Deus. Podendo aprender o tempo todo pra, quem sabe um dia, ajudar também.
É incrível.


(Foto tirada na Lua Crescente)
E o lugar?
Que lugar lindo!
Semana passada estávamos em Lua crescente e à noite tive que me levantar para fechar a cortina pq a claridade entrava no quarto como um foco muito forte de luz.
Essa semana, com a Lua cheia... Não consigo nem descrever.

(Nossa varando com vista para as ondas do mar)
A casa que estamos alugando (ficaremos nesta casa até dezembro) é de frente para o rio e para o mar.
Montei minha mesa de trabalho do scrapbooking (pros que nao sabem, to fazendo um monte de coisas lindas de papel) olhando pra essa vista.
Quando tenho que trabalhar no computador, fico olhando pra essa vista.
Quando quero pensar na vida, fico olhando pra essa vista.
Quando quero assistir um filme, fico olhando pra essa vista.

A cozinha da casa é do lado de fora, junto da varanda.
A casa é simples e charmosa.
Tem um quarto para todos os amigos.

(Nossa casa que pertence ao "Centro de Desenvolvimento de Pircanga")
Se acharem diferente demais. Olhem mais vezes. Os olhos se acostumam com tudo:-) Todos nós podemos nos acostumar com tudo.

Ainda não me acostumei com muitas coisas. Mas as renuncias que eu de fato escolher fazer, depois de um tempo de experiência, sei que farei na verdade sem muito esforço.

Sinto falta da minha família e dos amigos.
Mas estou gostando muito da minha vida nova.

Piracanga tem um "Centro de Desenvolvimento Humano".
E este foi o motivo deu querer ir morar lá.
Quero trabalhar neste Centro.
Organizar eventos (sim! Eventos!) e quem sabe no futuro SER UM EVENTO.

Quem quiser buscar um pouco de paz interna, venha nos visitar.
O Centro promove cursos de auto conhecimento. Promove retiros. Vivências.
Quem quiser dar uma olhada, entrem no site que repito mais uma vez:
www.piracanga.com

O relato do João, vocês sabem, é diferente do meu. Somos pessoas muito diferentes. Juntos, somos Um.
Obrigada meu amor por me ensinar tanta coisa.
(A comida, lacto-vegetariana - é simplesmente deliciosa. Eu sou gulosa!)

(João começando a plantar a hortinha em frente à casa com as mudas que trouxe do sítio dos pais)

Com carinho, Amelia

18 comentários:

Brina disse...

É lindo, sua visão é humilde, sincera e vem de dentro do seu coração...me identifico!! Quero visitar vocês............pode?? Beijo no coração dos dois!! Muitos sorrisos vindos aqui da 'selva urbana'...risos!! Sabrina :)

Anônimo disse...

Que delícia deve ser deitar naquela rede e apreciar o céu completamente estrelado em noite de lua cheia, ouvindo o canto dos pássaros e o zum zum dos insetos! Nada mais romântico, para um casal jovem, muito cheio de amor no coração!
Beijos da tia Memey

Anônimo disse...

Olá princesa do mar...
Piracanga é tudo de bom prá quem busca tranquilidade, vida simples,respeito a tudo e a todos. Parece fora da realidade, mas é uma nova realidade de pessoas que cansaram da vida estressada das cidades grandes. Que bom vcs terem a oportunidade de escolher, aproveitem e curtam a hortinha de mudinhas e a vidinha tranquila com todas as fases da Lua, a brisa do mar, o amor do João...
Meu beijo carinhoso de paz...titia

Anônimo disse...

Amélia querida,
João me contou, via facebook, da nova vida de vcs na Ecovila.
Que bom que está curtindo e aprendendo muito (com algumas dificuldades, mas quando que a vida não tem algumas, né?!).
Tudo de bom pra vcs!
E continue postando para nos deixar por dentro de tudo!
Beijo grande!
Andrea (Dedéia)

Anônimo disse...

Amélia,
Você fez o que eu adoraria ter feito de minha vida e nunca tive companhia ou oportunidade.
Nunca apareceu um João na minha vida e o que apareceu, está comigo hoje e não acreditou que eu levaria esta vida quando eu era jovem e tinha o mundo pela frente me esperando.
Resultado, virei urbana quando jovem e hoje faço tudo para passar o tempo que puder em lugares parecidos com sua Piracanga.
Adoraria ir passar uns tempos por aí.
Como chegamos até vocês?
É perto de Itacaré?
Será que conseguimos ir passar o final de ano aí?
Existe algum hotel ou casa para alugar onde eu possa fazer uma reserva?
Se puder, mande fotos.
Adorei ler o seu relato, é tudo tão ímpar, tão limpo, tão diferente do que vivemos nesta selva diária de violência e terror. Nunca experimentei, mas sempre sonhei. Não sei como reagiria e quanto tempo duraria ou se seria para sempre.
Não sei se a companhia se torna imprescindível para a vida ou se desenvolvemos vida própria, não consigo pensar nas perspectivas pois hoje é muito tarde para sonhar tão alto.
Invejo sua coragem e sua experiência, dure ela o tempo que durar.
"Que não seja imortal posto que é chama, mas que seja infinita enquanto dure..."
Beijos com muito carinho,
Tânia

Eliana disse...

Mé, seu relato é de uma transparência e simplicidade comoventes.. Entendi (eu acho) exatamente o que vc está sentindo, e acredito mesmo que essa experiência será ímpar na sua vida. Fico feliz que esteja podendo desfrutar disso tudo e sabendo abrir mão de algumas (várias!) coisas materiais, para alcançar um estágio interior que lhe será muito gratificante..

Tenho comigo o caderninho do Edu, para sempre lembrar do seu carinho e da nossa amizade.. Qdo Edu crescer um pouco, fazemos uma visita - mas vou ficar trancada das 16 às 18 hs, tá?? rsrs

Um beijo no seu coração, com todo o noso carinho,

Mila, Edu e Chico

Anônimo disse...

Ola amigos,

Procurando relatos de Piracanga me deparei com este blog inspirador.
Sinto que este lugar esta me chamando...
Gostaria, se possivel, de trocar umas figurinhas com vocês que tiveram esta incrivel experiencia. Meu email é vivacomarte@gmail.com. Caso vcs possam nos dar umas dicas...

Parabens pela iniciativa, um gde abraço,

Adrian (na união)

Camille disse...

Amélia querida. Lendo seu depimento e conhecendo você de longa data me senti tocada e feliz de te ver com a coragem suficiente de mudar a vida, de aprender, de respeitar o diferente, de aprender com o diferente e acima de tudo de estar serena e em paz com suas escolhas!! Vou te visitar!! Tenha certeza!! Estarei indo em Novembro para África participar de uma missão de desenvolvimento de um sistema financeiro que atenda a população de baixa renda daquele continente tão pobre e com tantas carências.
Cada dia entendo mais porque nossos coração se uniram naqulea época e como ainda pulsam em consonância.. somos feitos da mesma essencia e temos elaborações parecidas!! te amo Beijos Camille

Vanila Paiva disse...

Olá Amélia!
Por acaso estava pesquisando o nome de Piracanga para ler sobre a escola e me deperei com seu blog. Achei lindo seu relato, mandei um email para saber mais sobre os trabalhos voluntários aí, sou estudante de pedagogia e achei maravilhosa a filosofia da escola.
admiro a coragem de vocês, sua escolha foi maravilhosa, a vida aqui fora tem sido muito dura com as pessoas de bem e que se não concordam com as atitudes absurdas de algumas pessoas em relação ao meio ambiente e ao tratamento deo ser humano.
Gostaria de saber mais sobre o lugar.
Abraço
Vanila

Anônimo disse...

Olá! Precisei te escrever pq me identifiquei muito com seu relato! Muito mesmo! Procurando informações sobre Piracanga me deparei com seu blog. E adivinha onde estou morando? Em Barra Grande, com o Marcelo e o lindo Rudah, os quais vc faz menção no seu relato. Se quiser manter contato: jackfasano@gmail.com. Vai ser um prazer. Beijos! Jaque.

Anônimo disse...

Olá! Precisei te escrever pq me identifiquei muito com seu relato! Muito mesmo! Procurando informações sobre Piracanga me deparei com seu blog. E adivinha onde estou morando? Em Barra Grande, com o Marcelo e o lindo Rudah, os quais vc faz menção no seu relato. Se quiser manter contato: jackfasano@gmail.com. Vai ser um prazer. Beijos! Jaque.

CHICA FUXICO disse...

Estou querendo alugar uma casa em Piracanga no final do ano, vc sabe de algum´m que queira alugar?
Obrigada.
Helena

Anônimo disse...

Quero alugar uma casa em Piracanga no mes de dezembro/2011 e janeiro/2012 de preferencia na Eco Vila. Voce sabe me dizer se tem alguma disponivel?
Helena

Anônimo disse...

Oi Amélia, é a Neca, acabei de passar um email pra voce perguntando como seria viver em Piracanga...mas encontrei " diario de bordo" e voce me diz tudo...um beijo no seu coração querida amiga

Priest disse...

João .. Acabei de ler o seu relato sobre a sua experiência e me comovi como se fosse comigo mmo, esta vivência !!! Descobri Piracanga através de minha Terapeuta e estou querendo ir conhecer esse Paraíso; Parece q tudo aí funciona de fato como é mostrado no vídeo do Site de Pirac... ! Gostaria de ler mais sobre o q vçs estão vivendo aí,pois, tenho vontade de sumir daqui de S.Paulo !! Não aguento mais !!! Mtas coisas desse estilo de vida sempre me chamaram a atenção,só q nunca apareceu uma Real Oportunidade pra fazer essa mudança... Acho q pode ser Agora A Hora !!! Se possível mesmo,... escreva algumas coisas mais sobre tudo e todos , Por Favor !!! Vou te deixar o meu Email : (fernandotavars@gmail.com) Fico feliz por vçs aí !!! Obrigado pela atenção,cara !!!! Abçs

Anônimo disse...

Olá, ainda estais em Piracanga? Tem um e-mail que possas me dar para falarmos? Grata, Danielle

Anônimo disse...

olá Amélia! Seu relato sobre Piracanga me emocionou e gostaria de saber se vc ainda está morando aí. Me mande um encereço de email pra eu me comunicar com vc.

Obrigada, Ines

Paloma Alamino disse...

Como faco pra me mudar para piracanga? E trabalhar ajudando todos ai e meu marido tambem trabalhar e termos dinheoro para comprar nossos alimentos?em questao de energia tem pra que possa conservar os alimentos ? Para resposta meu facebook: https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=587946911358551&id=100004297422953e meu wts 098982704459