22 de junho de 2008

Praia Grande - SC

Praia Grande, município do lindo estado de Santa Catarina, é onde estamos agora. Santa Catarina realmente impressiona! Tanto no litoral quanto na serra, possui lugares paradisíacos e hospitaleiros que mostram a beleza desse grande Brasil, com toda a sua diversidade, já que o sul é tão distinto do norte, do sudeste e etc!

Praia Grande, que não é uma praia, tem esse nome devido a sua história. Quando os tropeiros desciam as montanhas, em certos trechos, passando perto dos rios, avistavam suas margens com areia e cascalho.
O município se localiza entre o litoral e a serra, no extremo sul do estado, próximo à Torres (RS).

É a “Cidade dos Cânions” e abriga o Parque Nacional dos Aparados da Serra, na divisa com Rio Grande do Sul. Tem 7500 habitantes e o plantio de arroz, bananas e fumo são as principais atividades econômicas.
O turismo está crescendo aos poucos com uma procura cada vez maior de visitantes durante o verão. Aqui encontramos, além dos belíssimos cânions, muitas cachoeiras, rios, e trilhas, uma aconchegante energia.

Fomos muito bem recebidos pelo pessoal da APCE (Associação Praiagrandense de Condutores para o Ecoturismo), uma associação que existe há 10 anos, criada por pessoas com uma mentalidade jovem que tem como objetivo desenvolver o ecoturismo consciente. Os condutores nos guiam para as trilhas que necessitam de acompanhamento, nos falam sobre a história, geologia e curiosidades da região. Percebemos neles uma grande preocupação com a sustentabilidade local. Em seus roteiros também estão incluídas visitas a agricultores locais que utilizam técnicas agroecológicas que garantem a preservação dos bens naturais, além de produzirem alimentos orgânicos mais saudáveis e saborosos.

(Cascata dos Borges)

Sabrina foi a guia do nosso primeiro passeio (Pedra Branca - foto inicial) e ficamos impressionados com sua inteligência, visão e sensibilidade. Sabrina nos explicou que a Associação incentiva os jovens da cidade, lhes possibilitando uma experiência profissional com o que eles têm de mais precioso que é a natureza. Eles também fazem um trabalho de educação ambiental com as crianças da região.

A trilha da Pedra Branca é cercada de morros onde se refugiavam escravos fugidos. Em seu entorno existe uma vila de remanescentes de quilombos. A vista lá de cima é energizante!
No segundo dia fomos guiados pelo Marcelo na trilha do Canion Malacara, uma trilha que acompanha o leito do rio por dentro deste cânion.
E no terceiro dia foi Gisela quem nos levou para ver as cachoeiras “Magia das Águas” (40 metros) e “Cascata dos Borges” (67 metros).

Gisela também nos levou para conhecer a propriedade da Dona Sirlene. Uma propriedade agroecológica que utiliza um sistema de irrigação com garrafas PETs, Bio-fertilizantes (feitos de leite, açúcar orgânico, farelo de milho e esterco de gado), além de outras alternativas ecológicas. Ficamos mais de uma hora por lá ouvindo e aprendendo com a Dona Sirlene, que cuida de tudo praticamente sozinha!

Estamos hospedados em um albergue, o primeiro da nossa expedição. É uma casinha muito simpática dentro do terreno de Dona Neri. Possui 3 quartos com diversas camas, banheiro, toda a estrutura de cozinha e uma ampla e confortável sala com revistas de ecoturismo e livros de poesias muito bonitos, um deles escrito pelo seu filho, Tarcísio Roldão da Rosa. Como estamos em baixa temporada, temos a casa só pra gente! Alem de estarmos sendo tratados com extremo carinho pelo Dona Neri (que até lavou as nossas roupas!), estamos curtindo uma casinha confortável que está nos protegendo do frio do sul.

Falta fazermos a trilha principal do local que é a do Rio do Boi, por dentro do cânion Itaimbezinho (junto com o “Fortaleza”, o mais famoso cânion da região) - caminhada pesada de mais de 8 quilometros com cerca de 60% do percurso sendo de pedras! Vamos ver no que vai dar...

Até lá.

Amélia e João


“Natureza: O Manifesto”
(de Tarcísio Roldão da Rosa)
(A Rodrigo Roldão da Rosa)

Até que dia o homem precisará ser
bitolado, mandado, policiado,
para assistir conscientemente à transformação do seu meio ambiente?

Haverá um dia em que todos os homens nascerão para cuidar da natureza?
Nascerão e por vontade e decisão própria preservarão a natureza?
Nascerão amando o Planeta Terra,
livres e espontâneos;
sem obrigação nenhuma?

O homem transforma paisagem
em quadro,
imortaliza uma bela cascata:
“... O que Deus criou para ser eterno”.

A natureza... pássaros voando, cantando
ao amanhecer como os sabiás;
animais livres pela vegetação rupestre,
verdejante, como os lobos;
animais livres, alimentando-se de sementes,
de folhas, como os bugios;
saciando a sede na água pura, límpida
dos córregos e arroios que transpassam a floresta;
animais livres que repousam nos galhos,
tronco das árvores;
ou em fendas nas escarpas
altíssimas livres, de vida noturna, na mata ciliar,
na encosta da Serra geral, como o puma.

Que toda essa natureza não seja no futuro,
apenas um quadro retratado por um artista!
O ser humano, privilegiado,
faz o grande e irreversível caos.
A natureza é frágil
pela brutalidade do homem de hoje!

Que desmata por ganância!
Que polui por cobiça!
Que caça pelo prazer de matar!

É tempo do homem abrir os olhos
dentro dele, está a mudança,
para preservar o que ainda resta,
desse magnífico presente, que é a natureza.

E assim as gerações futuras
possam, como nós, apreciar,
um Parque Nacional ou uma minúscula planta.

E, encorajados, digam, impessam, gritem,
lutem, defendem a favor
da vida dos animais,
das plantas, das belezas naturais
para que, por sua causa,
não se extinguam!

O ato de um homem,
em favor da natureza,
é motivo de honra
e valor de alma!
Digno de ser humano
refletindo a existência de sua própria vida.

10 comentários:

Anônimo disse...

John boy & babyohoh. que bonito deve ser "praia grande"que nao é praia .
estes dias tem sido de saudades enormes , quase doidas.
imagino que vcs agora, estejam já no Rio Grande de Sul. mandem muitas fotos e tomem cuidado com o frio.
bjs

Anônimo disse...

Améliaaaaaa, minha mãe adorou o caquizeiro! bjs Sisi

Anônimo disse...

Amélia,

Essa expedição faz parte do meu programa de domingo a noite. Bem melhor que o Fantastico são as aventuras desse intrepido duo. Quanto ao objetivo dessa expedição não se preocupe

Mar Português

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma nao é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

Fernando Pessoa,

"O mar é o mar é o mar é o mar"


bjs e força!

Monstrengo

Anônimo disse...

Oi minha linda!!!! saudades de vc!!!!! saiba que vcs fizeram falta no niver da Bruna, que estava muito gostoso!!!!!!! Tenho pensado muito em vcs com o frio que está fazendo...brrrr!!!!p/ carioca não é mole, hein!!!!!se agasalhem bem "crianças"!!!!!e aproveitem muuuito. Carinho tia Esther.

Anônimo disse...

Que bom entrar aqui toda semana e me lembrar que você esta na estrada, percorrendo o Brasil e sua propria alma. Estou muito feliz por vocês, sempre acompanhando. Beijinhos da Lê

Anônimo disse...

Heeeeey Rory Gilmore!!!! Tb estou numa aventura fan-tás-ti-ca... he he. Spice Market, Apple Store, Sephora. Virgin, Pastis, Broadway doida, Mortons, etc. Mas confesso que é MUITO manero tb. Tá frio aí? Aqui tá um calor senegalês. Hoje o Claudio quis is até Columbia e a galera tava tomando sol de biquini micro no meio do campus. Falta de praia é fogo. Escreve mais! bj. Bruna.

Anônimo disse...

hi there!!!
entao como a vida é engraçada né? Bububa em ritmo de frenesi novaiorquino e voces curtindo a natureza, que voces mesmo estao ajudando a manter. delicia mesmo seria se estivessemos TODOS em NYC ou TODOS em "Mostardas"( hahahaha). até porque eu amo mostarda!!
hoje me lembrei mto de voces e do seu relato sobre o supermercado.
estive com o Fernando Almeida que é o presidente do CEBDS ( Centro de Estudos Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável ) que acabou de escrever um artigo para a National Geografic. ( chique nao ?) Justamente ele fala do que vcs estao fazendo e que deveria ser feito por todo cidadao consciente. Mandou eu te dar os parabens e vai mandar o artigo para voces lerem,
como ele vai receber um premio internacional, nao deve ser uma opiniao que deva ser desprezada, né?
em alguns países, já é TOTALMENTE PROIBIDO o uso de sacos plasticos em supermercados.
No sul , a consciencia é maior e , veja que surpresa, o Brasil esta entre os 5 paises que mais consciencia sustentavel tem .
varios quesitos sao considerados para esta pontuaçao mas a consciencia de voces, sobre os "sacos plasticos "ou , como ele definiu, a forma como os alimentos sao tratados e condicionados, é um dos 5 importantes fatores para que realmente tenhamos um mundo melhor. Portanto, peço desculpas pelo meu comentário brincalhao e passo a me orgulhar mais ainda de voces!!!! Que me perdoe o moço que nao conheço mas que discordou e fez criticas, mas agora passaremos a usar sacolas de pano ao inves de sacos plasticos!!!
well done!!!!!!!!!!
love

Anônimo disse...

Amiga mandei um email para vc sobre a palestra que participei na semana passada. De uma olhada no email e me de noticias...
Muitas saudades! beijos beijos
Pat Haas

Anônimo disse...

Amélia e João...
Aqui começou o jogo do Fluzão...e já fizeram o gol...a torcida grita e solta fogos...Nense.....uma alegria só...
Bem paralelo a tudo isso estão vocês nesse sosseguinho gostoso, um friozinho danado..e vcs zen com a vida e nós aqui nesse fuguetório di doidu...
É isso meu amor...Tenho estado fora, mas o coração continua em vcs...
Meu carinho e meucalor prá vcs..A tia que ama muito...Eu..titia

Daniel disse...

dear, you look happy, and with good reason - parece realmente um roteiro incrivel. adorando as fotos. que os próximos caminhos continuem iluminados....
bjs Dai